Carteira de motorista específica para automáticos é aprovada

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017

Tamanho do texto:

Diminuir texto Aumentar texto
Carteira de motorista específica para automáticos é aprovada

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou proposta que permite tirar carteira de motorista específica para condução de veículos com câmbio automático. O texto (Projeto de Lei 7746/17) prevê multa em caso de infração.

O relator na comissão, deputado Hugo Leal (PSB-RJ), apresentou um substitutivo ao analisar a sugestão originalmente feita pela deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), que tratava apenas da condução de motocicletas.

“Propomos estender essa possibilidade a todos os tipos de veículos. Afinal, além das motocicletas, motonetas e ciclomotores, a tecnologia do câmbio automático está presente também em automóveis, ônibus, micro-ônibus e caminhões”, disse Leal.

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

A proposta prevê a possibilidade de que os candidatos a tirar a carteira façam seus exames práticos em carros automáticos. Se for aprovado, ele só poderá dirigir modelos com esse tipo de transmissão.

Mas não fique alarmado. Se você possui um carro automático, não precisará tirar uma nova carteira de motorista. E ainda continuará existindo a possibilidade de ser habilitado para dirigir veículos independentemente do tipo de transmissão (manual ou automática). O que passaria a existir, segundo o projeto original, é uma subcategoria.


Carteira de motorista específica

Quando foi proposto, em agosto, o Projeto de Lei (PL) 7746/17,  da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), permitia tirar carteira de motorista específica para condução de motocicletas com câmbio automático. O PL estabelece duas subcategorias: A1, para motocicletas com transmissão de câmbio automática; e A2, para todos os modelos de motocicletas independentemente do câmbio de transmissão. A mesma lógica seria aplicada aos carros de passeio: para automóveis automáticos, categoria B1; para todos os tipos, B2.

Segundo a autora, a alteração da legislação se faz necessária devido ao princípio da livre escolha dos cidadãos, “que poderão optar por somente tirar a carteira de habilitação para conduzir motocicletas com transmissão de câmbio automático”. Mariana Carvalho lembra ainda que esses modelos são os preferidos por iniciantes e mulheres.

Fonte: AUTO PAPO

imprimir
enviar email

Mais Notícias

Voltar

CASTILHO & CIA

LOCALIZAÇÃO E CONTATO

Rua Paralela a BR 282 KM 465
Bairro Baia Alta | Ponte Serrada/SC
49 3435.0656 / 49 3435.1256
castilhoecia@yahoo.com.br
Aonde estamos no Google Maps